Follow by Email

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Uma Peça de Teatro

"Ela":-Tenho medo de perde-la não só pra você como para qualquer um!
"Ele":- Medo de perde-la pra mim? Pois se for o caso, pra mim, pode ficar aliviada não que eu não possa quere-la mas não sei sabe eu sou um cara filho da puta tão só que nem as baratas desejam minha companhia as únicas coisas que eu realmente tenho como companheiras são meus cadernos minhas notas no violão e algumas palavras bem escritas só isso, só isso, só, e ainda assim as vezes algumas cordas me estouram, algumas notas saem erradas e as palavres bem escitas viram borrões com o cair das minhas lágrimas e eu ainda continuo com só isso, só isso, só!
"Ela":-Não sei, eu nunca ouvi nada tão, tocante, entende-me !
"Ele":-Sim, mas se é oque lhe interessa deixe-me dizer; é só a verdade do pouco que sinto!
"Ela":-...hum...
"Ele":-Desculpe-me, são as mais seinceras palavras que lhe devo nesse momento pois não devia ter despejado isso em você, agora como se você fosse um vaso simplesmente a enchi de compaixão, e não preciso disso, me desculpe!



Caique Maciel Arruda

Moral da História: Em um quebra cabeça sempre há peças soltas as quais você pode juntar e moldar o seu desenho perfeito mas há sempre também a peça perdida que o deixa incompleto pro resto de sua vida!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário