Follow by Email

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Eu não to nem ai, dinheiro é mato cresce no meu suor e floresce no meu cansaço e se hoje estou sem forças, se hoje estou sem braços, eu planto mais um sorriso, o universo eu abraço fecho os olhos e friso a simples felicidade não é dinheiro perdido que vai me fazer andar triste pelas ruas da minha cidade!

Caique Maciel Arruda

Nenhum comentário:

Postar um comentário